BELÍSSIMO







BELÍSSIMO






“Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas as coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende? Dolorido-dolorido, estou repetindo devagar para que você possa compreender melhor”


Caio Fernando de Abreu

You have read this article Caio Fernando de Abreu with the title BELÍSSIMO. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/belissimo.html. Thanks!