Morar junto sim, casar não!




The New York Times



Casamento


(Jupiterimages)





Dois fatores contribuem para a diminuição dos casamentos entre adultos de 25 a 34 anos, disse Andrew Cherlin, sociólogo da Universidade Johns Hopkins: menos casamentos formais e mais uniões informais, hoje muito mais aceitas socialmente, inclusive com filhos






Os Estados Unidos ultrapassaram um importante limiar conjugal em 2009. O número de jovens adultos que nunca se casaram superou, pela primeira vez em mais de um século, o de casados. 





O declínio no número de casamentos já vinha há longo prazo, mas se acelerou durante o período de recessão, de acordo com novos dados do censo americano. Atualmente, há mais casais adiando o casamento ou até simplesmente optando por viver juntos sem oficializar a relação.





"As pessoas não têm certeza sobre estabilidade no emprego e muitas estão desempregadas", disse Mark Mather, do Population Reference Bureau, um grupo privado de pesquisa que analisou os dados do censo. "Casar é obviamente um grande passo e, se você não está confortável sobre seu futuro, faz sentido adiar uma decisão importante como essa."





Will McElroy, 26 anos, de Atlanta, namora Ann há três anos. O casal discutiu o casamento, mas ele perdeu o emprego de programador de computadores este ano e agora está mais focado na busca de trabalho do que em planejar o futuro.





"Sim, definitivamente é preciso dinheiro para casar", disse ele. "Ser casado significa comprar uma casa e ter filhos, certo?" Yara Holt, que organiza casamentos em Saint Louis, disse que um casal havia acabado de cancelar a cerimônia para 230 convidados. "Eles simplesmente decidiram que não iriam gastar dinheiro agora", disse. 





Entre a população total de 18 anos ou mais, a proporção de homens e mulheres casados caiu de 57% em 2000 para 52% em 2009 – o menor porcentual desde que o governo começou a coletar dados, há mais de 100 anos. A porcentagem de mulheres adultas casadas caiu abaixo da metade, para 49,9%.





Dois fatores contribuem para a diminuição dos casamentos entre adultos de 25 a 34 anos, disse Andrew Cherlin, sociólogo da Universidade Johns Hopkins: menos casamentos formais e mais uniões informais, hoje muito mais aceitas socialmente, inclusive com filhos. 





"É um erro pensar que todas as pessoas não casadas estão solteiras", disse Cherlin. "Muitos vivem com seus parceiros." Isso é especialmente verdadeiro, disse, entre os que não têm títulos universitários, que costumam esperar até que tenham segurança econômica para se casar. 





Joel Greiner, diretor de aconselhamento da Jornada, uma igreja de Saint Louis, disse que cerca de um terço dos casais em sua congregação vivem juntos antes do casamento. Para ele, falar de economia pode dissimular a questão principal. "Tem mais a ver com medo da intimidade e do casamento em si", disse. 





Segundo os dados federais, a proporção de jovens adultos que nunca se casaram aumentou de 35% no começo da década para 46% em 2009. 





O levantamento mostra, ainda, que tem havido grandes diferenças raciais nas taxas de casamento, com os negros muito menos propensos a se casar do que os brancos. Essa diferença, contudo, vem diminuindo à medida que as uniões informais se tornam mais populares entre os brancos, disse Cherlin. E muitos jovens adulto, segundo ele, estão adiando o casamento, sem renunciar a ele. 





McElroy, em Atlanta, disse que iria começar a pensar em casamento assim que encontrar um emprego e a economia se recuperar. "Não é muito romântico, é?", disse, com uma risada. 





Fonte: Veja on line


You have read this article Amor e Sexo / Comportamento / Relação Amorosa with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/morar-junto-sim-casar-nao.html. Thanks!

Pierre Cardin de volta às passarelas de Paris






Macacões da era espacial encontram vestidos de noiva de conto-de-fadas, grandes chapéus cloche e bijuterias de borracha no universo particular fashion de Pierre Cardin, que voltou nesta quarta-feira às passarelas da Semana de Moda de Paris. Após um longo período de ausência, o estilista de 88 anos mostrou, no segundo dia de desfiles do evento, um olhar prêt-à-porter para homens e mulheres com um perfume pop anos 60 sci-fi futurista.
 


O estilo clássico de Cardin não foi esquecido, como nos vestidos fluidos de noite, nas jaquetas de tweed em tons de terra e nos vestidos em tons pastéis, que pareciam mais apropriados para uma festa de casamento inglesa do que para uma viagem pela galáxia. Abrindo o desfile, que aconteceu fora do Champs Elysees, Cardin trouxe um casal com macacões idênticos em rosa-pink, com anéis em volta dos joelhos que pareciam saídos do filme cult de Stanley Kubrick,2001: uma Odisséia no Espaço.





Apareceram também na passarela do estilista casacos em tecido impermeável de aspecto molhado, em variações para homens e mulheres, em preto, prata e púrpura combinados a óculos escuros de design futurista e tiaras decoradas com parafusos e spikes (tachas pontudas). Outros estilos de macacões também tiveram vez, com modelagem mais solta e esvoaçante, em rosa-pink e prata florescente atados nos tornozelos e pulsos. Pulseiras, colares e tornozeleiras feitos de tubos de borracha, em rosa, laranja e verde, foram os acessórios para tops e calças pretas, enquanto as botas masculinas eram decoradas com detalhes de metal.





Em uma visão mais "terrestre", a jovem de Cardin aparece em minivestidos coloridos com saias de babados em vermelho e amarelo por cima de meias-calças, além de tops prateados e trenchcoats de modelagem ampla em azul brilhoso, laranja e rosa-pink. Boinas largas e grandes chapéus cloche, em forma de sino, estavam por toda parte, além de bolsas GG, grandes carteiras e bolsas quadradas decoradas com enormes laços de metal como alças.





Uma grande boina fúcsia foi combinada com uma capa de manga morcego e uma calça legging, em verde ou malva, enquanto um chapéu de duende chamava atenção combinado com um sério pulôver de nervuras e legging. O estilista francês também mostrou uma linha mais convencional, com tailleurs, vestidos coquetel em provocantes tons pastéis, com paetês púrpura e verde e tiras de tecido transparente esvoaçante nos ombros.





No grande final, os vestidos de noite apareceram em cores mais sóbrias e lembravam uma coleção para noivas, com modelos em seda ricamente bordada, mostrando que Cardin desfilou peças para todos os gostos nessa grande volta à moda parisiense.





Fonte: Veja on line

You have read this article Moda / Youtube Videos with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/pierre-cardin-de-volta-as-passarelas-de.html. Thanks!

Mantra de Hoje




Senhor, eu preciso de Ti.
You have read this article Mantra do Dia with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/mantra-de-hoje.html. Thanks!

Autoestima se constrói






Quando a gente gosta de alguém, como costuma tratar essa pessoa? No mínimo, com delicadeza, carinho e atenção, não é verdade? Se essa pessoa precisar de cuidados, ofereceremos. Se ela precisar ser ouvida, nos esforçaremos para ouvi-la. Buscaremos compreendê-la, tentaremos entender o que ela está comunicando. Não a encheremos de julgamentos, rótulos e cobranças. Ao menos isso é o que se espera quando verdadeiramente gostamos de alguém...




Se alguém que estimamos adoece, nos preocuparemos e faremos o que estiver ao nosso alcance para auxiliar. Se porventura notarmos que seus hábitos estão prejudicando sua saúde física ou mental com certeza iremos alertar, ajudar, sentar junto e pensar alternativas. Porque é natural observar quem a gente ama. Porque é normal que se cuide de quem a gente gosta.




Levaremos essa pessoa a lugares agradáveis, nos importaremos em reconhecer seus gostos e ficaremos satisfeitos em vê-la contente. Se um dia a magoarmos nos importaremos com seus sentimentos, pediremos desculpas sinceras e com certeza buscaremos não repetir o que a magoou.




Tudo isso é o que se espera de uma relação de respeito e de amor, não é mesmo? Repense agora essas situações colocando você mesmo no lugar dessa pessoa querida que imaginamos até aqui:






  • Você se importa com seus próprios sentimentos e necessidades?

  • De vez em quando se convida para passear e viver situações que lhe deixam feliz?

  • Importa-se com sua saúde física e mental, mobilizando meios para que ela esteja sempre em dia?

  • Pede-se perdão? Perdoa-se e busca não mais repetir o que lhe magoa?





Isso é autoestima: gostar de si mesmo e agir como tal. Quem gosta de si mesmo faz tudo isso que se espera que façamos ao outro quando o estimamos. Não se trata de egoísmo, nem de se achar melhor que o outro. É apenas oferecer a si mesmo aquilo que é bom, que faz bem, que faz crescer e ser mais feliz.






Para desenvolvermos a autoestima precisamos nos conhecer, caminhar enfrentando o medo do novo e partir rumo à descoberta desse ser cheio de possibilidades que somos nós, humanos. Muitas vezes somos treinados ou nos treinamos a não reconhecer que somos capazes ou merecedores de amor. 

"Muitas vezes somos treinados ou nos treinamos a não reconhecer que somos capazes ou merecedores de amor. "

Precisamos olhar para isso e tratar, com muito carinho. Às vezes até estamos nos esforçando, porém volta e meia nos pegamos repetindo as mesmas crenças limitadoras. O que faríamos a alguém querido se o encontrássemos nessa situação? Provavelmente lhe daríamos a mão e caminharíamos um pouco ao seu lado, demonstrando que ele não estaria mais sozinho. Você está com você mesmo? Ou se abandona ao menor deslize? Ou atira pedras ao menor sinal de erro?






Mesmo que de início não flua naturalmente (afinal fomos muito bem treinados para atirar pedras, mas pouco treinados a dar um afago e estender a mão para nós mesmos), tente observar no cotidiano o que pode oferecer a si mesmo com amor. Nas pequenas coisas podemos demonstrar tanto! Reflita: o que você pode fazer hoje, agora mesmo, para demonstrar estima a si mesmo? Talvez marcar aquela consulta sempre adiada ou telefonar para uma pessoa com quem se sinta à vontade para conversar. Talvez possa retomar um projeto ou cuidar melhor da alimentação. Quem sabe anotar as suas qualidades para não perdê-las de vista ou tomar uma atitude diante de situações que estejam lhe fazendo mal. A cada dia você pode ampliar o leque de práticas. Sempre tendo em mente que você pode tropeçar ainda assim, de vez em quando vai se pegar se boicotando, mas que isso não lhe retira todo o mérito da caminhada.




Estima se constrói. Com a autoestima não é diferente. Usufrua de sua companhia e inicie essa relação de amor que pode ser muito, muito frutífera!


Fonte: Juliana Garcia - Site Personare
You have read this article Autoestima / Motivação with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/autoestima-se-constroi.html. Thanks!

REFLEXÃO E PONDERAÇÃO: O MELHOR CAMINHO

Incrível como dá certo...






REFLEXÃO E PONDERAÇÃO: O MELHOR CAMINHO





A Sacerdotisa, arcano II do Tarot, emerge como carta de aconselhamento para este momento de sua vida. A recomendação aqui é simples, direta e clara: quietude, contemplação, espera. A planta não brota mais rápido por conta do nosso bel prazer e sim por conta de suas reais e naturais necessidades. Não tente precipitar o que demanda tempo, saiba esperar o tempo certo. Procure se voltar para dentro de si e buscar em seu próprio interior as respostas de que tanto necessita. Forçar os acontecimentos externos agora pode ser frustrante, pois o momento envolve a necessidade de introspecção reflexiva.


Conselho: Volte-se mais para dentro de si. O momento não é para ações exteriores.

You have read this article Mantra do Dia with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/reflexao-e-ponderacao-o-melhor-caminho.html. Thanks!

Sugestão, por Thiago de Mello









Sugestão





Antes que venham ventos e te levem
do peito o amor — este tão belo amor,
que deu grandeza e graça à tua vida —,
faze dele, agora, enquanto é tempo,
uma cidade eterna — e nela habita.


Uma cidade, sim. Edificada
nas nuvens, não — no chão por onde vais,
e alicerçada, fundo, nos teus dias,
de jeito assim que dentro dela caiba
o mundo inteiro: as árvores, as crianças,
o mar e o sol, a noite e os passarinhos,
e sobretudo caibas tu, inteiro:
o que te suja, o que te transfigura,
teus pecados mortais, tuas bravuras,
tudo afinal o que te faz viver
e mais o tudo que, vivendo, fazes.


Ventos do mundo sopram; quando sopram,
ai, vão varrendo, vão, vão carregando
e desfazendo tudo o que de humano
existe erguido e porventura grande,
mas frágil, mas finito como as dores,
porque ainda não ficando — qual bandeira
feita de sangue, sonho, barro e cântico —
no próprio coração da eternidade.
Pois de cântico e barro, sonho e sangue,
faze de teu amor uma cidade,
agora, enquanto é tempo.


Uma cidade
onde possas cantar quando o teu peito
parecer, a ti mesmo, ermo de cânticos;
onde possas brincar sempre que as praças
que percorrias, dono de inocências,
já se mostrarem murchas, de gangorras
recobertas de musgo, ou quando as relvas
da vida, outrora suaves a teus pés,
brandas e verdes já não se vergarem
à brisa das manhãs.


Uma cidade
onde possas achar, rútila e doce,
a aurora que na treva dissipaste;
onde possas andar como uma criança
indiferente a rumos: os caminhos,
gêmeos todos ali, te levarão
a uma aventura só — macia, mansa —
e hás de ser sempre um homem caminhando
ao encontro da amada, a já bem-vinda
mas, porque amada, segue a cada instante
chegando — como noiva para as bodas.


Dono do amor, és servo. Pois é dele
que o teu destino flui, doce de mando:
A menos que este amor, conquanto grande,
seja incompleto. Falte-lhe talvez
um espaço, em teu chão, para cravar
os fundos alicerces da cidade.


Ai de um amor assim, vergado ao vínculo
de tão amargo fado: o de albatroz
nascido para inaugurar caminhos
no campo azul do céu e que, entretanto,
no momento de alçar-se para a viagem,
descobre, com terror, que não tem asas.


Ai de um pássaro assim, tão malfadado
a dissipar no campo exíguo e escuro
onde residem répteis: o que trouxe
no bico e na alma — para dar ao céu.


É tempo. Faze
tua cidade eterna, e nela habita:
antes que venham ventos, e te levem
do peito o amor — este tão belo amor
que dá grandeza e graça à tua vida.





Thiago de Mello
You have read this article Thiago de Mello with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/sugestao-por-thiago-de-mello.html. Thanks!

Frases de Caio Fernando de Abreu






Frases de Caio Fernando de Abreu


"Exigimos o eterno do perecível, loucos."  (Caio Fernando de Abreu)





"Te quero imensamente bem, fico pensando se dizendo assim, quem sabe, de repente você até acredita. Acredite" (Caio Fernando de Abreu)





"Não é que dá certo? Quase sempre, o dia é bom mesmo. Principalmente quando eu invento sem parar"  (Caio Fernando de Abreu)





Eu gosto muito quando acordo de manhã e vou fazer café na cozinha. Aí as 8 frangas cacarejam e repetem assim, 8 vezes, uma cada uma: Bom dia!" (Caio Fernando de Abreu)





"Vestir os jeans, os tênis, a camiseta, repetir merda bem alto três vezes, como uma espécie de bom-dia" (Caio Fernando de Abreu)





"- Natural é as pessoas se encontrarem e se perderem. - Natural é encontrar. Natural é perder" (Caio Fernando de Abreu)





"e amanhã não desisto: te procuro em outro corpo, juro que um dia eu encontro" (Caio Fernando de Abreu)





"Vou procurar teu cheiro no corpo de outra mulher. Sem encontrar, porque terei esquecido" (Caio Fernando de Abreu)





"Tornarei sempre a voltar porque preciso desse osso, dos farelos que me têm alimentado ao longo deste tempo" (Caio Fernando de Abreu)





"Mas volto e volto sempre, então me invades outra vez com o mesmo jogo e embora supondo conhecer as regras, me deixo tomar inteiro" (Caio Fernando de Abreu)





"Você me provoca sem esperar a picada. Sem saber que ainda não inventaram antídoto pro meu tipo de veneno" (Caio Fernando de Abreu)





"Pudesse abrir a cabeça, tirar tudo para fora, arrumar direitinho como quem arruma uma gaveta. Tomar um banho de chuveiro por dentro"  (Caio Fernando de Abreu)





"- Às vezes sinto falta de mim. - Eu também, menina. -Sente falta de si? - Não, de você. E dói. [Silêncio] - Me abraça? - Sempre" (Caio Fernando de Abreu)





"Um ser humano jamais atravessa incólume o círculo magnético de outro"  (Caio Fernando de Abreu)





"Mas para atravessar agosto,pensei agora,é preciso principalmente não se deter demais no tema.Mudar de assunto,digitar rápido o ponto final"  (Caio Fernando de Abreu)





"Senti que o ritmo se acelerava pressagiando o depois em breve" (Caio Fernando de Abreu)





"Não sei como me defender dessa ternura que cresce escondido e, de repente, salta para fora de mim, querendo atingir todo mundo" (Caio Fernando de Abreu)





"Porque tanto e muito repito que eu o amava. Exatamente como quem mata" (Caio Fernando de Abreu)





"Seus dedos mais longos q os meus e sua boca mais livre que a minha e seus gestos debruçavam-se no ar em direção ao que desejava tocar: eu" (Caio Fernando de Abreu)





"Sei de nossa insaciável fome de carne humana" (Caio Fernando de Abreu)





"Te desejo uma fé enorme, em qualquer coisa, não importa o quê, como aquela fé que a gente teve um dia, me deseja também uma coisa bem bonita"  (Caio Fernando de Abreu)





"E como diria Hilda Hilst: LOVE, apesar, apesar e há pesar" (Caio Fernando de Abreu)





“Meu coração é um sapo rajado, viscoso e cansado, à espera do beijo prometido capaz de transformá-lo em príncipe” (Caio Fernando de Abreu)





"Sensação muito clara de que a vida escorre talvez rápida demais e, a cada momento, tudo se perde" (Caio Fernando de Abreu)





"Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu" (Caio Fernando de Abreu)





"Não querer e ter. Não querer e não ter. Querer e ter. Ou qq outra combinação entre os quereres e os teres de cada um, afligia tanto" (Caio Fernando de Abreu)





"Para prevenir surpresas, tenho deixado sempre abertas todas as janelas e todas as portas" (Caio Fernando de Abreu)





"Será que, à medida que você vai vivendo, andando, viajando, vai ficando cada vez mais estrangeiro? Deve haver um porto." (Caio Fernando de Abreu)





"Existem pessoas como a cana, mesmo postas na moenda, reduzidas a bagaço, só sabem dar doçura..." (Caio Fernando de Abreu)





"as cidades, como as pessoas ocasionais e os apartamentos alugados, foram feitas para serem abandonadas." (Caio Fernando de Abreu)





"Tá certo que o sonho acabou, mas também não precisa virar pesadelo, não é?" (Caio Fernando de Abreu)





"(...) Estranho, mas é sempre como se houvesse por trás do livre-arbítrio um roteiro fixo, pré-determinado, que não pode ser violado." (Caio Fernando de Abreu)





"Sempre há alguma coisa que falta. Guarde isso sem dor, embora, em segredo, doa" (Caio Fernando de Abreu)





"Não, meu bem, não adianta bancar o distante: lá vem o amor nos dilacerar de novo..." (Caio Fernando de Abreu)





"Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe?..." (Caio Fernando de Abreu)





"Olhos inchados, principalmente às sextas-feiras, pouco antes de desabarem sobre mim aqueles sábados e domingos nunca mais com Ana" (Caio Fernando de Abreu)





“… a gente se apertou um contra o outro. a gente queria ficar apertado assim porque nos completávamos desse jeito…” (Caio Fernando de Abreu)





"...uma coisa qualquer maravilhosa, que me faça acreditar em tudo de novo, que nos faça acreditar em tudo outra vez"  (Caio Fernando de Abreu)

You have read this article Caio Fernando de Abreu / Frases para Status do Orkut / Frases para Twitter / Google+ / Livros / Para orkut / Scraps Orkut with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/frases-de-caio-fernando-de-abreu.html. Thanks!

Pela noite, Caio Fernando de Abreu












PELA NOITE






“E se realmente gostarem? Se o toque do outro de repente for bom? Bom, a palavra é essa. Se o outro for bom para você. Se te der vontade de viver. Se o cheiro do suor do outro também for bom. Se todos os cheiros do corpo do outro forem bons. O pé, no fim do dia. A boca, de manhã cedo. Bons, normais, comuns. Coisa de gente. Ninguém mais saberia deles se não enfiasse o nariz lá dentro, a língua lá dentro, bem dentro, no fundo das carnes, no meio dos cheiros. E se tudo isso que você acha nojento for exatamente o que chamam de amor? Quando você chega no mais íntimo. No tão íntimo, mas tão íntimo que de repente a palavra nojo não tem mais sentido. Você também tem cheiros. As pessoas têm cheiros, é natural”





You have read this article Caio Fernando de Abreu with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/pela-noite-caio-fernando-de-abreu.html. Thanks!

Chorar por tudo que se perdeu











LIXO E PURPURINA






“Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas as tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso”




 Caio Fernando de Abreu


You have read this article Caio Fernando de Abreu with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/chorar-por-tudo-que-se-perdeu.html. Thanks!

Vai passar, tu sabes que vai passar.










METÂMEROS






” Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? O verão está aí, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada ‘impulso vital’. Pois esse impulso ás vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento te surpreenderás pensando algo assim como ‘estou contente outra vez’ “




 Caio Fernando de Abreu


You have read this article Caio Fernando de Abreu / Livros with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/vai-passar-tu-sabes-que-vai-passar.html. Thanks!

BELÍSSIMO







BELÍSSIMO






“Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas as coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende? Dolorido-dolorido, estou repetindo devagar para que você possa compreender melhor”


Caio Fernando de Abreu

You have read this article Caio Fernando de Abreu with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/belissimo.html. Thanks!

Mantra do dia de hoje









"-Às vezes sinto falta de mim.


 -Eu também, menina.


 -Sente falta de si? 


-Não, de você. E dói.


 [Silêncio]


-Me abraça? 


-Sempre"





[ Caio Fernando de Abreu ]
You have read this article Caio Fernando de Abreu with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/mantra-do-dia-de-hoje.html. Thanks!

Dieta para diminuir o inchaço










Sofre com retenção de líquidos? Veja a dieta para eliminá-los.























Emagreça 5kg em 15 dias 






  Cardápio anti-inchaço


Destaque da Matéria


Consumir alimentos saudáveis é o primeiro passo

Foto: Dreamstime



Confira as dicas da nutricionista Mariana Del Bosco, da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, e perca até 5 kg em 15 dias...



Café da manhã

- 1 fatia de pão integral

- 1 col. (sopa) de requeijão light

- 1 xíc. de chá-verde



Lanche da manhã - 1 maçã

- 1 iogurte desnatado



Almoço - 2 col. (sopa) de arroz

- ½ concha de feijão

- 1 prato de salada de agrião e vagem

- 1 filé de frango grelhado

- 1 laranja



Lanche da tarde - 1 fatia de abacaxi

- 1 iogurte desnatado



Jantar - 1 prato de sopa de legumes com carne



Ceia

- 1 fatia de melão

- 2 fatias de queijo branco










Fonte:MdeMulher




You have read this article Amor e Sexo / Dieta Seca Gordura / Dietas / Saúde e Beleza with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/dieta-para-diminuir-o-inchaco.html. Thanks!

Alimentos Termogênicos ajudam a emagrecer


Em toda dieta, queremos que o emagrecimento seja rápido. Haja paciência! Tão fácil ganhar alguns quilinhos, mas emagrecer é "soda" não é mesmo? Alguns alimentos que aceleram o metabolismo.







"O metabolismo trabalha mais para digerir os alimentos termogênicos. Assim, há uma queima maior de calorias", explica a nutricionista Roseli Ueno, de São Paulo. 







Quem consome esses alimentos regularmente tem mais chances de emagrecer. "Mas não se obtém resultados sem uma dieta equilibrada", ressalta a especialista. "Emagrecer é um conjunto de tarefas saudáveis, como aliar uma alimentação balanceada à prática de exercícios físicos", ensina a nutricionista.





É importante lembrar que pessoas com sistema digestivo sensível, problemas de insônia e gestantes não devem consumir esses alimentos sem a orientação de um profissional. Conheça alguns alimentos termogênicos: 







  • - Gengibre 

  • - Abacaxi 

  • - Maçã 

  • - Laranja 

  • - Água gelada 

  • - Pimenta-vermelha 

  • - Vinagre de maçã 

  • - Chá-verde 

  • - Mostarda 

  • - Kiwi 

  • - Cafeína 

  • - Guaraná em pó 

  • - Aspargo




Fonte: MdeMulher

You have read this article Dieta Seca Gordura / Vida Saudável with the title September 2010. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2010/09/alimentos-termogenicos-ajudam-emagrecer.html. Thanks!