Vingança, teu nome é "Mulher"!

Recebi o texto abaixo por email. Morri de rir e desconheço a autoria. Leia que é muito bom...
 
Vingança, teu nome é "Mulher"!
 
Ela passou o primeiro dia empacotando todos os seus pertences em caixas, engradados e malas.
No segundo dia, ela chamou os homens da transportadora que levaram a mudança.
No terceiro dia, ela se sentou pela última vez na bela mesa da sala de jantar, à luz de velas, pôs uma música suave e se deliciou com uns camarões, um pote de caviar e uma garrafa de Chardonnay.
Quando terminou, foi a cada um dos aposentos e colocou alguns pedaços de casca de camarão, besuntados com caviar, nas cavidades dos varais das cortinas.
Depois ela limpou a cozinha e se foi.
Quando o marido retornou com a nova namorada, tudo estava um brinco nos primeiros dias.
Depois, pouco a pouco, a casa começou a feder.
Eles tentaram de tudo: limpando, lavando e arejando a casa.
Todas as aberturas de ventilação foram verificadas à procura de possíveis ratos mortos e os tapetes foram limpos com vapor.
Desodorantes de ar e ambiente foram pendurados em todos os lugares.
A empresa de combate a insetos foi chamada para colocar gás em todos os encanamentos, durante alguns dias, os quais tiveram de sair da casa, e no fim ainda tiveram de pagar para substituir o caríssimo carpete de lã.
Nada funcionou.
As pessoas pararam de visitá-los...
Os funcionários das empresas de consertos se recusavam a trabalhar na casa..
A empregada se demitiu..
Finalmente, eles não suportavam mais o fedor e decidiram se mudar.
Um mês depois, apesar de terem reduzido o valor da casa em 50%,eles não conseguiram um comprador para a casa fedorenta.
A notícia se espalhava e nem mesmo corretores de imóveis locais retornavam as ligações.
Finalmente, eles tiveram de fazer um grande empréstimo do banco para comprar uma casa nova.
A ex-esposa ligou para o marido e perguntou como andavam as coisas.
Ele disse a ela o martírio da casa podre.
Ela escutou pacientemente e disse que sentia muitas saudades da casa antiga e que estaria disposta a reduzir a parte que lhe caberia do acordo de separação dos bens em troca pela casa...
Sabendo que a ex-mulher não tinha idéia de como estava o fedor, ele concordou com um preço que era cerca de 1/10 do que valeria a casa...
Mas só, se ela assinasse os papéis naquele dia mesmo.
Ela concordou e em menos de uma hora, os advogados deles entregavam os documentos.
Uma semana depois, o homem e sua namorada assistiam, com um sorriso malicioso, os homens da mudança empacotando tudo para levar para a sua nova casa.......
incluindo os varais das cortinas...
 
kkkkkkkkkkkk
 
You have read this article with the title January 2008. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2008/01/vinganca-teu-nome-e.html. Thanks!

ORVALHO DA VIDA

 
,_._,___
ORVALHO DA VIDA

"Nem a tristeza, nem a desilusão,
Nem a incerteza, nem a solidão...
... Nada me impedirá de sorrir...

Nem o medo, nem a depressão,
Por mais que sofra meu coração...
Nada me impedirá de sonhar...

Nem o desespero nem a descrença,
Muito menos o ódio ou alguma ofensa...
Nada me impedirá de viver...

Mesmo errando e aprendendo,
Tudo me será favorável...
Para que eu possa sempre evoluir,
Preservar, servir, cantar, agradecer,
Perdoar, recomeçar...

Quero viver o dia de hoje,
Como se fosse o primeiro...
Como se fosse o último,
Como se fosse o único...

Quero viver o momento de agora,
Como se ainda fosse cedo,
Como se nunca fosse tarde...

Quero manter o otimismo,
Conservar o equilíbrio e fortalecer
A minha esperança...
Quero recompor minhas energias
Para prosperar na minha missão e viver alegremente todos os dias...

Quero caminhar na certeza de chegar...
Quero lutar na certeza de vencer...
Quero buscar na certeza de alcançar,
Quero saber esperar para poder realizar
Os ideais do meu ser...

ENFIM,
Quero dar o máximo de mim,
Para viver intensamente e maravilhosamente

TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA!!!

*****

Beijos...

(** desconheço a autoria)

You have read this article with the title January 2008. You can bookmark this page URL http://ramblingruralrector.blogspot.com/2008/01/orvalho-da-vida.html. Thanks!